QUEM VEM COMIGO

sábado, 31 de janeiro de 2009

COMO ACORDAR AS ESTRELAS

...
Um céu enluarado
a mansidão do vento
dobrando uma esquina
a pausa do tempo

parado, esperando,
a espreita da noite,
tentando contê-la.

Só minha dor
rasgada num grito
consegue
acordar
as estrelas.

(Elza Fraga)

4 comentários:

  1. um poema de ficar na alma!!


    abraços

    ResponderExcluir
  2. as estrelas certamente ouviram teu poema.
    belo!
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Belos versos!

    Deixei um "mimo" para você em meu blog.

    Abraços,
    Lou

    ResponderExcluir
  4. como sempre, bellos versos. clap clap clap

    ResponderExcluir

Um doce pelo seu pensamento